Unindo Atitudes dá início à fase rural do projeto

Oficinas e debates serão realizados na Mata Norte de Pernambuco

Depois de envolver homens e mulheres do bairro de Brasilit, assistidos pelo Bolsa Família, o Projeto Unindo Atitudes inicia neste mês de maio uma série de oficinas e debates no Assentamento do MST  Luisa Ferreira, localizado no antigo Engenho Bonito, entre as cidade de Condado e Goiana, Mata Norte do estado, distante aproximadamente 63 km do Recife.


O objetivo das ações do Unindo Atitudes é promover a adoção de atitudes que diminuam as desigualdades entre homens e mulheres; o projeto é realizado pelo Instituto PAPAI com o apoio da ONU Mulheres.

As rodas de diálogos da fase rural começam no domingo dia 10 de maio, e seguem por cerca de 10 domingos à tarde. Além das oficinas sobre gênero, equidade, sexualidade, direitos trabalhistas e temas afins, haverá atividades lúdicas como campeonato de dominó para os homens. 


Durante a fase urbana, em Brasilit, Zona Oeste do Recife foram realizadas rodas de diálogo sobre gênero, saúde, assim como oficinas de estética, campeonato de futebol, e até um bingo.Vamos trabalhar as mesmas temáticas sem esquecer de valorizar as peculiaridades de cada grupo. Cada tema contribui para apresentar e debater sobre o ideal de comportamento igualitário e cooperativo entre as pessoas”, destaca Rebecca França, Educadora Social do Instituto Papai.