BLOCO CARNAVALESCO FEMINISTA VAI ÀS RUAS DO RECIFE REIVINDICAR A AMPLIAÇÃO DA LICENÇA PATERNIDADE


O desfile promovido pelo Instituto PAPAI e pelo Gema/UFPE será na quinta-feira, dia 12 de fevereiro. A concentração a partir das 17 horas, na Rua da Moeda

O carnaval pode e deve ser usado também como um momento de conscientização, mesmo nos dias de folia, é possível chamar a atenção do público para questões mais sérias e que afetam diretamente as nossas ações no mundo. Pensando nisso, o Instituto PAPAI e o Núcleo de Pesquisas em Gênero e Masculinidades da UFPE (Gema/UFPE) mais uma vez põe seu bloco carnavalesco feminista rua. Este ano o foco é a mobilização em favor da ampliação da licença paternidade.
Assim, o bloco carnavalesco feminista “Da licença, eu sou pai!” desfilará pelas ruas do Recife Antigo, distribuindo material informativo sobre a campanha homônima. O desfile será na quinta-feira, dia 12 de fevereiro, com concentração na Rua da Moeda, Bairro do Recife, a partir das 17 horas. Durante o trajeto, ao som de uma orquestra - com paródias de frevos e marchinhas de carnaval abordando a questão dos homens e cuidado - serão distribuídos materiais alusivos à campanha Dá licença, eu sou pai!.


O que diz a lei e o que dizem os homens e as famílias de hoje.
No Brasil, todo pai, inclusive adotivo, tem direito à licença paternidade, sem prejuízo em seu salário. Mas, essa licença é de apenas 5 dias. Muito pouco para acompanhar os primeiros passos de um filho.
Antigamente, só as mulheres eram responsabilizadas pelo cuidado dos seus filhos. O pai de hoje não é mais como antigamente. As família também mudaram. E se o pai for solteiro? E se for um caso de guarda compartilhada? E se forem dois pais? É pelo direito de cuidar dos filhos e por uma divisão sexual do trabalho doméstico mais justa que se reivindica a ampliação da licença paternidade.
“O carnaval, maior festa popular de nosso estado, sempre teve a característica de colocar em pauta temas políticos e de mudanças culturais de maneira descontraída e alegre. E é isso que pretendemos com o Bloco Dá Licença eu sou pai! Levar a um grande público esse debate acerca da ampliação da Licença Paternidade”, declara a Coordenadora Geral do Instituto PAPAI, Mariana Azevedo.
Segundo Benedito Medrado, Coordenador do Gema/UFPE, “A ampliação da licença paternidade é uma dívida antiga do estado brasileiro para com os homens e seus filhos. Desde a promulgação da Constituição Federal há um anúncio de que a legislação seria revista e, até agora, nada! Apesar de alguns casos particulares serem reconhecidos como legítimos pela Justiça (como morte da companheira ou em alguns casos de casais homossexuais), a maioria dos homens não sabe nem do direito aos escassos 5 dias. A Ampliação da licença visa reconfigurar a divisão sexual do trabalho, portanto é uma pauta feminista por excelência”.


Números
A Licença Paternidade tem diferentes configurações ao redor do mundo. Em alguns países, inclusive, é utilizado o modelo de licença parental, onde a mãe e o pai da criança dividem entre si o tempo de licença. Este é o caso do Canadá onde o tempo de licença, que pode ser compartilhado entre os pais, é de 8 meses. No Japão os pais têm 12 meses e na Suécia este tempo pode se estender a até 15 meses.
A Licença Paternidade ao redor do mundo:


País
Tempo
Remuneração
América
Argentina
2 dias
Com remuneração
Canadá
8 meses
(transferível entre a mãe e o pai)
55% dos rendimentos
EUA
Até 3 meses
Sem remuneração
Paraguai
2 dias
Com remuneração
Europa
Grã-Bretanha.
4 meses
Não informado
Hungria
5 dias
Com remuneração
Alemanha
12 a 14 meses
Até 3 anos
Até 67% do rendimento
Sem remuneração
Suécia
Até 15 meses
(transferível entre a mãe e o pai)
Não informado
França
15 dias
Até 3 anos de licença.
Com remuneração
Sem remuneração
Ásia
Índia
15 dias
(servidores públicos)
Não informado
Japão
12 meses
(transferível entre a mãe e o pai)
25% dos Rendimentos

A Campanha
A campanha “Da licença, eu sou pai!” existe desde 2010 e tem por objetivo a ampliação e equiparação da licença paternidade, em nosso país.

Serviço
Bloco Dá Licença Eu Sou Pai!
Quinta-feira, 12 de fevereiro | Concentração às 17h
Rua da Moeda, Bairro do Recife | Aberto ao público
Informações: (81) 3271. 1420/ 3271.4804