segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Na vida, direito. Na obra, respeito!


Campanha alerta para a temática da diversidade sexual


Membros da equipe do Instituto PAPAI e Núcleo de Pesquisa em Gênero e Masculinidades – Gema (UFPE) realizam na próxima terça-feira (2) ato para divulgar a Campanha Na vida, direito. Na obra, respeito! A ação faz parte do projeto Diálogos e será realizada a partir das 8h na Estação de Trem do Cabo de Santo Agostinho com a distribuição de panfletos e abordagem informativa.
Relatórios anuais publicados pelo Grupo Gay da Bahia têm demonstrado o crescente aumento dos índices de crimes homofóbicos nos munícipios do Cabo de Santo Agostinho e de Ipojuca, onde localiza-se o Complexo Industrial-portuário de Suape, bem como em toda a Região Metropolitana do Recife, levando Pernambuco a liderar o ranking nacional de crimes com esta motivação no ano de 2013.
Diante deste cenário, a campanha Na vida, direito. Na obra, respeito! surgiu como uma estratégia de sensibilização dos trabalhadores no tocante à temática da diversidade sexual, contribuindo para a construção de relações de respeito que asseguram o acesso às oportunidades, bem como a efetivação de um ambiente profissional livre de homofobia, onde pessoas de diversas orientações sexuais e identidades de gênero possam exercer seu direito ao trabalho de forma digna e plena
, conforme explica o Coordenador da Campanha Na vida, direito. Na obra, respeito!, Thiago Rocha: a campanha pretende dar visibilidade à questão da diversidade sexual, tratando-a com naturalidade e transparência. Neste sentido, espera-se promover uma abertura de diálogos sobre o assunto, envolvendo a comunidade da região e os trabalhadores da região de Suape, com a intenção de reconstrução sociocultural, baseadas nas relações de respeito e na tolerância,e enfrentamento à violência homofóbica na região.” Para Benedito Medrado, um dos coordenadores do Projeto Diálogos  e Coordenador do  Núcleo de Pesquisa em Gênero e Masculinidades – Gema (UFPE) a saúde dos homens é considerada uma problema social, do ponto de vista dos estudos feministas de gênero. Neste sentido, o encontro entre a universidade e os movimentos sociais é extremamente importante, pois assim podemos implementar, com qualidade e legitimidade, projetos que possam alterar problemas sociais como este, identificados a partir de estudos e pesquisas. O conhecimento a serviço da sociedade deve ser um dos pilares da universidade".

Sobre o Projeto Diálogos - O Programa "Diálogos para o Desenvolvimento Social de Suape", ou simplesmente Diálogos Suape, reúne um conjunto de projetos que visam contribuir para o desenvolvimento e inovação em tecnologias de intervenção social, por meio da implementação e análise da eficácia e da efetividade de um Programa de Promoção à Saúde, em consonância com a política de saúde do Estado brasileiro, tendo como meta reduzir os índices relacionados a problemas de saúde e violência na sub-região de Suape - PE. Envolve um conjunto ações de pesquisa e de intervenção cultural, voltadas para os diferentes atores que, direta ou indiretamente, participam na configuração dos agravos que se quer eliminar e/ou prevenir. 


Serviço:
Ato da Campanha Na vida, direito. Na obra, respeito!
Estação de Trem do Cabo de Santo Agostinho
Terça, (2), às 8h
Aberto ao público
Informações: (81) 3271.4804/1420


Nenhum comentário:

Postar um comentário