quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Violência Contra as Mulheres e Masculinidades em debate no Seminário Lei Maria da Penha: Conquistas e Desafios

Público confere o Seminário.
Nesta quinta-feira, o Coordenador Executivo do Instituto Papai e Coordenador da Rede de Homens pela Equidade de Gênero/Campanha Laço Branco, Sirley Vieira, participou do Painel Violência Contra as Mulheres e Masculinidades. O debate aconteceu no Seminário Lei Maria da Penha: Conquistas e Desafios, promovido pela a Secretaria Especial da Mulher do Ipojuca, em parceria com a Secretaria de Educação do Ipojuca, em comemoração ao aniversário de oito anos da Lei Maria da Penha. O objetivo do evento é dialogar com estudantes e educadores da rede pública municipal sobre a importância de se promover uma cultura de paz. A iniciativa abre as ações do Projeto Maria da Penha Vai à Escola.

Confira abaixo a programação do evento que se estende até o fim da tarde desta quinta:

PROGRAMAÇÃO: Manhã
 8h00  - Abertura
Secretária da Mulher do Ipojuca Dora Pires
Secretária de Educação do Ipojuca Margareth Zaponi
Prefeito do Ipojuca Carlos Santana
9h00 - Apresentação Esquete Teatral: Mateus e Catirina
 09h30- Palestra I
Painel: O Papel da Juventude na Construção de uma Cultura de Paz
Palestrante: Cristina Nascimento - Educadora do Grupo de Trabalho em Educação das Relações Étnicos Raciais da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Recife
 10h00 - Palestra II
Painel: Violência Contra as Mulheres e Masculinidades
Palestrante: Sirley Vieira -  Coordenador do Instituto Papai e Coordenador da Rede de Homens pela Equidade de Gênero/Campanha Laço Branco
10h30 - Debate
11h00 - Encerramento
PROGRAMAÇÃO- Tarde
13h30  - Abertura
Secretária da Mulher do Ipojuca Dora Pires
Secretária de Educação do Ipojuca Margareth Zaponi
Prefeito do Ipojuca Carlos Santana
14h00 - Apresentação Esquete Teatral: Mateus e Catirina
 14h30- Palestra I
Painel: O Papel da Juventude na Construção de uma Cultura de Paz
Palestrante: Cristina Nascimento - Educadora do Grupo de Trabalho em Educação das Relações Étnicos Raciais da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Recife
 15h00 - Palestra II
Painel: Violência Contra as Mulheres e Masculinidades
Palestrante: Claudio Galvez -  Professor e Doutor do Instituto Sóis: Inovação, Desenvolvimento e Saúde
 15h30 – Debate
 16h00 – Encerramento

 Maria da Penha- Foi vítima de violência doméstica durante 23 anos de casamento. Em 1983, o marido por duas vezes, tentou assassiná-la. Na primeira vez, com arma de fogo, deixando-a paraplégica, e na segunda, por eletrocussão e afogamento. Após essa tentativa de homicídio, ela tomou coragem e o denunciou. O marido de Maria da Penha só foi punido depois de 19 anos de julgamento e ficou apenas dois anos em regime fechado.

Serviço: 
Seminário Lei Maria da Penha: Conquistas e Desafios
Quinta, 7 de agosto
8h às 16h,
Clube Municipal do Ipojuca
Entrada franca

Nenhum comentário:

Postar um comentário