REDOR | Abertas inscrições para encontro Norte-Nordeste de pesquisas feministas

Entre 24 e 27 de novembro de 2014, acontecerá em Recife, nas instalações da UFRPE, o 18º Encontro da Rede Feminista Norte-Nordeste de Pesquisas sobre a Mulher e Relações de Gênero (REDOR).
A inscrição de trabalhos vai até o dia 25 de junho e não será prorrogado.
.: Mais informações sobre envio de trabalhos, clique aqui! 
.: Para se inscrever, clique aqui! 
.: Mais informações gerais sobre o evento, clique aqui!

O tema deste ano é “Perspectivas feministas de gênero: desafios no campo da militância e das práticas científicas” e o evento está sendo organizado pelo Núcleo de Pesquisa Ação Mulher e
Ciência (NPAMC) - UFRPE; Núcleo de Família, Gênero e Sexualidade (FAGES) - UFPE e Instituto PAPAI, em parceria com o Gema/UFPE; FUNDAJ; NIPAM/UFPB; Secretaria da Mulher de Pernambuco; Secretaria da Mulher de Recife; IFPE e IFPB. Apoio: Capes, CNPq, Facepe e SPM.


SOBRE OS GRUPOS DE TRABALHO
As comunicações orais e posteres devem estar vinculados aos eixos temáticos do eventos, que estão organizados em formato de Grupos de Trabalho (GT). Cada GT poderá acolher até 20 comunicações orais e 20 pôsteres. O limite de autoras/es permitido por texto é de quatro pessoas, se uma delas for a orientadora.

Pesquisadores do Instituto Papai integram a coordenação de um Grupo Trabalho:
GT 11 – Gênero, Homens e Masculinidades | Coordenação: Túlio Quirino (GEMA/UFPE); Sirley Vieira (Instituto PAPAI); Marcelo Miranda (UFPE) e Ricardo Castro (IFPE)
.: Para ver o resumo de Grupos de Trabalho, clique aqui!

SOBRE A REDOR
A Redor - Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher e Relações Gênero foi criada em setembro de 1992 com o objetivo de congregar, articular e desenvolver os estudos sobre a mulher e relações de gênero no Norte e Nordeste brasileiro. Agrupa mais de 30 Núcleos e Grupos de Estudos vinculados às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa das duas regiões, com objetivo de:
  • incentivar a formação de novos Núcleos de Estudos e Programas de Estudos sobre a mulher, não só nas Instituições Federais de Ensino Superior como também nas demais instituições estaduais e particulares;
  • impulsionar a produção teórico-metodológica na questão de gênero na região;
  • fomentar o desenvolvimento de estudos e pesquisas intra e inter-regionais;
  • implementar o intercâmbio de informações e conhecimentos;
  • divulgar a produção científico-acadêmica regional;
  • estimular a capacitação de pessoal docente e técnicos envolvidos/associados aos núcleos e grupos de estudo;
  • promover a realização de seminários de pesquisas em torno dessa temática, visando a sua divulgação, intercâmbio de informações e aprofundamento das questões teórico-metodológicas entre os Núcleos das Universidades do Norte/Nordeste.