Seleção | Pesquisadores para Pesquisa durante Parada do Orgulho LGBT em Belém



Caros/as amigos/as residentes em Belém e região, o Núcleo de Pesquisas em Gênero e Masculinidades (Gema/UFPE), o Instituto Papai, Grupo Orquídeas e Grupo Nós Mulheres da UFPA estarão realizando a pesquisa “Política, violência e direitos sexuais”, durante a 11ª Parada do orgulho LGBT, em Belém, dia 30 de Setembro de 2012.

Metodologia: Serão realizadas entrevistas com os/as participantes da Parada, durante a concentração do evento (momento que antecede a passeata), a partir de roteiro baseado em estudos realizados pelo CLAM/UERJ, em diferentes estados brasileiros e outros países da América Latina. As informações produzidas possibilitarão produzir contrastes e comparações com as análises geradas em 2006, quando a pesquisa foi realizada pela primeira vez em Belém.
1. Clique AQUI e acesse a ficha de inscrição
ou digite: http://www.papai.org.br/arquivo/download?ID_ARQUIVO=4347
Até 14 de Setembro: Inscrições
21 de Setembro: Resultado da seleção
28 de Setembro (14 às 18h): Treinamento
30 de Setembro: Realização das entrevistas
Serão selecionados 50 pesquisadores/as entre estudantes (graduação ou pós), docentes e/ou militantes com experiência prévia em pesquisa desta natureza e que tenham familiaridade com espaços de sociabilidade LGBT.
1) A participação na pesquisa é voluntária, portanto, não haverá pagamento pela realização das entrevistas, mas haverá pagamento de ajuda de custo para o dia do trabalho de campo (R$ 50,00).
2) Será fornecido Certificado tanto para o treinamento como para a participação na pesquisa, no final do processo.
3) Os dados da pesquisa servirão de base para ação militante no Pará, produzindo informações que podem impulsionar a elaboração de medidas para eliminação da violência e discriminação que sofre a população LGBT em nosso estado.
Apoio: CNPq

Objetivosconhecer opiniões, atitudes e práticas dos participantes da Parada, bem como produzir informações sobre violência e discriminação vividas por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais devido à sua orientação sexual ou identidade de gênero. Os resultados da pesquisa e sua análise visam ampliar nosso conhecimento sobre alguns aspectos das condições de vida da população LGBT no Pará, subsidiando subsidiar ações e políticas de defesa e de ampliação dos direitos sexuais.

Mais informações: paradabelem2012@gmail.comParceria: CLAM – Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos



INSCRIÇÃO
* Envie esta ficha até o dia 14/09/2012 para o e-mail: paradabelem2012@gmail.com
CRONOGRAMA
CRITÉRIOS
BENEFÍCIOS 
Coordenação geral: Prof. Dr. Benedito Medrado (Gema/UFPE)
Realização: Gema/UFPE; Instituto PAPAI; Grupo Orquídeas/UFPA e Grupo Nós Mulheres/UFPA